sexta-feira, 2 de junho de 2017

Golpe

Você tem razão, foi golpe! Casei-me por interesse.
Interesse em ser feliz, em sair para me divertir sem ter hora para voltar. Me interessava o sexo, a liberdade de dormir e acordar a hora que quisesse ao lado daquele cara barbudo. Interesse em ter meu próprio canto, construir minha família, colecionar histórias engraçadas e momentos bons a serem lembrados.
Não. Não foi por dinheiro que me casei (como você acha que fiz/deveria ter feito). Casei-me com um homem de periferia, que sempre morou de aluguel com os pais. Casei pobre, com um cara pobre que estava desempregado. Casei e fui morar num apartamento de COHAB na periferia. Apartamento COMPRADO. Nosso apartamento. Reformado e consertado pelas mãos deste homem. Isso foi puro interesse. Casei porque estava interessada neste homem de nível superior que, para sustentar a casa e não deixar nada faltar, trabalhou de auxiliar de pedreiro.
O que te incomoda é o fato de eu ter casado pelos 'meus interesses' e não pelos teus, que são efêmeros e vazios.
Minhas roupas são surradas e algumas rasgadas, não são sempre novas como as tuas e isso te incomoda. Incomoda porque você se preocupa com o que os outros pensam e não com o que eu penso sobre a minha vida e sobre meus valores do que realmente é importante e necessário para viver.
Você faz campanha pró impeachment do homem com quem casei, me julgando por tê-lo escolhido ao invés de escolher a tua ordem.
Então SIM, foi golpe. Foi um golpe no seu ego a minha casa, a minha família e o meu casamento não cederem as tuas vontades.
Golpe foi o que meu casamento sofreu diante de suas intromissões.
E é um golpe para mim enxergar e admitir tudo isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário